domingo, 18 de maio de 2014

Romaria pela Menina Benigna tem juventude como tema e homenageia os 100 anos da Diocese de Crato

Cerca de 10 mil pessoas são esperadas hoje, dia 18, no município de Santana do Cariri para participar de mais uma romaria em homenagem a menina Benigna Cardoso que é conhecida popularmente como a 'heroína da castidade' e recebeu da igreja católica o título de "Serva de Deus". A Romaria em sua 11ª edição terá como o lema "Vocação jovem a exemplo de Benigna". O evento é organizado pela paróquia de Senhora Santana com apoio da Prefeitura de Santana do Cariri. De acordo com a programação os Romeiros se concentrarão, às 14 hs no bairro de inhumas onde haverá um show católico, uma encenação teatral sobre a vida de menina Benigna , e às 16 hs os peregrinos farão uma caminhada do bairro de inhumas até a Igreja Matriz, onde será celebrada uma missa campal presidida pelo bispo diocesano do Crato, Dom Fernando Panico e co-celebrada por padres da diocese. A romaria, conforme o vigário da paróquia de Nossa Senhora Santana, Padre Paulo Lemos Pereira, faz parte das festividades pelos 100 anos da Diocese do Crato.

A prefeita Daniele Machado informou que a prefeitura está dando total apoio ao evento que é de cunho religioso que para ela é de suma importância cultural e turística para a cidade e por isso determinou a sua equipe de assessores e secretários municipais que fosse dado total suporte e infra estrutura necessária para bem receber e acomodar aos romeiros em Santana do Cariri.

A juventude será o tema central da romaria que terá a história da jovem mártir como exemplo de pureza e santidade cristã. Em muitos os momentos do evento os próprios jovens serão protagonistas na programação através de apresentações artísticas e de shows religiosos.  

A história

Benigna Cardoso da Silva nasceu em 15 de outubro de 1928, na localidade de Sítio Oitís, Distrito de Inhumas a 2 km da sede de Santana do Cariri onde 13 anos mais tarde, no ano de 1941, perdeu a vida de forma trágica. Ela morreu de forma heroica para salvar a própria virgindade, e isso é a razão que inspira muitos devotos, em virtude do seu amor a cristo, pois, de acordo com o dossiê sobre a morte da jovem mártir entregue à Roma com um pedido de beatificação ela havia devotado sua castidade em sinal de amor a Jesus Cristo. Como se negou a entregar-se ao seu algoz, benigna foi morta a golpes de facão. Depois de sua morte a menina passou a ser considerada santa pela população pelo seu grande gesto de amor e coragem apesar da pouca idade.

A Devoção

Na localidade onde a jovem foi martirizada foi erguida uma capelinha dedicada a ela na entrada da Vila. No local existe um pote que ela carregava na hora do assassinato e está envolto a uma redoma de vidro, com esculturas que retratam o momento em que era morta. Lá, os fiéis fazem orações, fazem pedidos e agradecimentos por graças alcançadas. Também como referência do seu martírio os peregrinos visitam o local da sua morte onde foi erguido um cruzeiro. O santuário de pedra erguido pelos romeiros, o túmulo da santa e um vestido guardado como relíquias são os principais itens de veneração, no entanto, até mesmo a escola onde a menina estudou virou ponto de romaria na cidade. Na pequena Vila de Ihumas os moradores preservam ainda um tipo de pedras negras que dizem conter o sangue derramado de benigna durante a sua provação.

Há dois anos os restos mortais de Benigna Cardoso da Silva foram sepultados na Igreja Matriz de Santana do Cariri  e desde então virou mais um local de visitação dos peregrinos. Há muita fé e devoção por ela. A veneração a Benigna acontece durante todo o ano, e atrai pessoas de Santana do Cariri e de cidades vizinhas.

A Diocese

A Diocese de Crato pertencente a Igreja Católica no estado do Ceará tem sua sede na Catedral de Nossa Senhora da Penha no município do Crato.

Foi criada em 20 de outubro de 1914 pelo Papa Bento XV através da bula papal Catholicae Ecclesiae, sendo desmembrada do território da Diocese do Ceará (hoje Arquidiocese de Fortaleza). Em 28 de janeiro de 1961, cedeu parte de seu território para a criação da Diocese de Iguatu.

A diocese conta com 54 paróquias situadas na região do Cariri e Centro Sul e ainda com:
·      Basílica Menor de Nossa Senhora das Dores, em Juazeiro do Norte
· Seminário São José, fundado em 1875, o primeiro do interior cearense. Sediado na cidade do Crato
· Mosteiro Nossa Senhora da Vitória, das monjas beneditinas. Transferido de São Cristóvão para Juazeiro do Norte em 13 de maio de 2003.



Foto/banner: Jovem Benigna Oficial em Blogspot 
Pesquisas: Wikipédia 

Nenhum comentário:

Postar um comentário