sábado, 9 de abril de 2011

HOSPITAL REGIONAL DO CARIRI (HRC) É INAUGURADO


O tão esperado Hospital Regional do Cariri teve as portas abertas para a população nesta sexta-feira (8). A inauguração do primeiro hospital regional de alta complexidade, instalado no interior do Estado foi inaugurado pelo governador Cid Gomes e pelo ministro da Saúde, Alexandre Padilha, na presença de milhares de pessoas, além de senadores, deputados federais, estaduais e prefeitos de todo o Ceará. O hospital, em Juazeiro do Norte, leva o nome Monsenhor Murilo de Sá Barreto, sacerdote reconhecido no Nordeste por suas ações de caridade. Ranilson Silva esteve presente e mostra como foi:

Antes da solenidade, o governador e o ministro visitaram as instalações do Hospital, que aportou recursos da ordem de R$ 104 milhões. De acordo com o governador, desse montante, R$ 20 milhões são oriundos do Ministério da Saúde e o restante são recursos próprios do tesouro estadual. “Nosso grande desafio é o custeio. É manter os equipamentos com qualidade, e essa será nossa luta para manter todo o complexo sistema de saúde funcionando”, relatou o Governador. No entanto, o ministro anunciou: “O ministério da Saúde não vai se omitir em ajudar o Governo do Estado a prestar serviços de qualidade aqui no Hospital Regional do Cariri”, afirmou Padilha. Diariamente, segundo Cid Gomes, o investimento para o bom funcionamento do hospital é de R$ 200 mil.
Emocionado, Cid começou o discurso agradecendo aos cerca de 700 trabalhadores da construção civil que ajudaram a erguer a obra e lembrou os vários momentos em que lá esteve. Aos prefeitos presentes na solenidade, o governador dirigiu-se lembrando que o sistema público de saúde é um sistema complexo e que, no entanto é necessário que cada agente público cumpra bem seu papel. “A população das micro regiões que esse hospital atenderá ultrapassa a casa de 1 milhão de habitantes, daí a importância da atuação dos agentes públicos”, destacou.
O Governador  também lembrou os desafios com a saúde mas voltou a reafirmar que pretende adotar no Ceará um sistema referência no setor. Para isso, lembrou Cid, estão sendo implantados 16 Centros de Espacialidades Odontológicas, 21 Policlínicas com ofertas de até 13 especialidades médicas e através da parceria com o Governo Federal, implantadas 32 Unidades de Pronto Atendimento no Ceará, além do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU). Também já está em construção o Hospital Regional Norte, no município de Sobral e será erguido mais hospital regional para atender as regiões do Sertão Central, Sertão dos Inhamuns e Canindé. “Tudo o que eu fizer vai ser pouco diante da enorme gratidão que eu tenho pelos cearenses, sobretudo pelo Cariri”, finalizou Cid.
De acordo com o ministro Alexandre Padilha, o Hospital do Cariri não deixa nada a desejar do que qualquer outro hospital quer seja público ou privado do Brasil. “Esse hospital passa a ser um dos grandes orgulhos do nosso sistema público de saúde”, disse. E acrescentou: Estou a quase 100 dias a frente do ministério da Saúde e afirmo aqui que poucos momentos me deram tanto orgulho em ser ministro, do que quando visitei cada ala desse hospital”, ressaltou.  
Alexandre Padilha também anunciou que o Cariri será uma região prioritária para a implantação do programa Rede Cegonha para atendimento integral a gestante e que pretende voltar a região para a implantação do SAMU . De acordo com o ministro, a determinação da presidenta Dilma Roussef é de que sejam interiorizadas todas as ações de saúde como forma de garantir o acesso a população mais carente do Brasil. “Esse hospital vai salvar muitas vidas mas não podemos esquecer que o que faz uma saúde com qualidade é aquilo que se começou no Ceará e hoje é exemplo em todo o país, são as experiências positivas do Programa Saúde da Família. E finalizou: O Ceará é um estado que cresce e por isso a saúde cresce também,. Não podemos deixar de reconhecer toda a determinação do governador Cid Gomes que foi muitas vezes a Brasília procurar vencer todos os obstáculos para que hoje estejamos inaugurando esse grande hospital.
Comparação
Já, de acordo com o titular da saúde no Estado, Arruda Bastos, esse será o primeiro hospital público de alta complexidade construído no Interior do Ceará para o atendimento de traumas, semelhante ao Instituto Dr. José Frota (IJF), em Fortaleza, ao mesmo tempo em que realiza atendimento clínico e cirúrgico em diferentes especialidades, como o Hospital Geral de Fortaleza (HGF).
Estrutura

O Hospital Regional do Cariri, com 27 mil e 126 metros quadrados de área, é o primeiro hospital público terciário construído no Interior do Ceará. A assistência no HRC inclui a garantia de exames complexos realizados com equipamentos modernos, atualmente só feitos na capital. Destaca a ressonância magnética, feita hoje na rede pública exclusivamente no HGF. Outros exames que serão assegurados no HRC são a tomografia computadorizada, endoscopia digestiva e respiratória, eletroencefalograma, eletrocardiograma, ecocardiograma, ecocardiografia, angiografia, mamografia, ultrassonografia geral e intervencionista, radiologia geral, além de serviços de laboratório de análises clínicas e patologias clínicas, anatomopatologia, citologia e agência transfusional.

Veja as imagens captadas pelas lentes do repórter Ranilson Silva dentro e fora do HRC.

O HRC conta com equipamentos de alta tecnologia e precisão diagnóstica...

slide produzido por Ranilson Silva mostra a visão externa do prédio

 




Produçãocom apoio da Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado                                                                                                                                                                                         
Agradecimentos: Priscila da ASCOM/Casa Civil 



Nenhum comentário:

Postar um comentário