quinta-feira, 3 de março de 2011

BLOCO NACIONAL

Prefeitura de Aracati recorre ao TJCE para anular decisão que proibe carnaval

O município de Aracati ingressou nesta quarta-feira (02), com pedido de suspensão da liminar que proíbe a realização de Carnaval na cidade. O recurso deu entrada no Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) no final da tarde e a previsão é que a matéria, de caráter urgente, seja analisada nesta quinta-feira (3).

No último dia 27, a juíza Maria do Socorro Montezuma Bulcão, da 1ª Vara da Comarca de Aracati, concedeu liminar suspendendo o Carnaval enquanto a Prefeitura não solucionar problemas relativos à saúde pública. A magistrada determinou multa diária no valor de R$ 50 mil em caso de descumprimento.

O pedido de liminar foi feito pelo Ministério Público (MP) estadual, que verificou irregularidades no sistema de saúde do município, como insuficiência de médicos, salários atrasados, precariedade nas condições de trabalho e problemas na estrutura do hospital local.

FONTE: CEARAAGORA


DENGUE mata PM no Ceará

Confirmada a décima morte por dengue no Estado. A vítima foi um cabo da Polícia Militar que morreu nesta quarta-feira (02) com suspeita de dengue hemorrágica.

O PM estava internado no Hospital São José, em Fortaleza. O corpo foi encaminhado à necropsia. De acordo com o diretor do hospital, Anastácio Queiroz, o resultado do exame deve ficar pronto no prazo de 7 dias.

O cabo Gevásio era natural de Acaraú e trabalhava no quartel de Itapipoca onde duas pessoas já morreram este ano, também, vítimas da dengue.

MEC fará prova nacional para seleção de professores    

O MEC lançou esta semana a matriz de competências - conjunto de temas que deve nortear a formação pedagógica dos docentes - para a formulação de uma prova nacional de acesso que poderá ser usada por Estados e municípios para selecionar professores.

Até o final deste mês, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), responsável pela formulação, começa a formar um grupo de especialistas que serão os responsáveis pela criação da prova, preparando um banco de itens a serem usados no teste. A intenção é realizar a primeira prova em 2012.

Formação de banco de dados

A Prova Nacional de Concurso para Ingresso Nacional na Carreira Docente funcionará mais para formar um banco de dados de professores do que fazer uma seleção propriamente dita. A intenção é que o candidato faça a prova nacional e as redes estaduais e municipais usem os resultados quando precisarem abrir uma seleção local.

O Estado que aderir, por exemplo, poderá abrir uma seleção de professores e colocar em seu edital que, para assumir a vaga, o candidato precisa ter uma pontuação mínima na prova nacional. O futuro professor, então, apresentará seus resultados, que serão confirmados pelo MEC. A rede, estadual ou municipal, poderá acrescentar uma segunda seleção local.

Nenhum comentário:

Postar um comentário