terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Nova Olinda: Procissão marca o fim das comemorações pelos 35 anos da paróquia de São Sebastião

 
Nesta terça-feira, 20, a Paróquia de São Sebastião de Nova Olinda reuniu cerca de 3 mil pessoas, a maioria adultos e idosos, para celebrar os seus 35 anos com uma procissão levando a imagem do padroeiro pelas principais ruas da cidade. O evento foi realizado às 18h. Antes, na matriz, foram celebradas duas missas em ação de graça.
Na primeira celebração, às 10h, o padre Edmilson Neves da Catedral do Crato presidiu uma missa solene que foi concelebrada pelo pároco Antônio Luiz e padre Sebastião Monteiro da comunidade Filhos Amados do Céu de Nova Olinda e também pelos padres George de Crato e Paulo Lemos de Santana do Cariri.


Por volta das 17h o padre José Adelino Martins Dantas da paróquia de São José do bairro Limoeiro de Juazeiro do Norte que já foi administrador paroquial de Nova Olinda entre os anos de 1998 a 2002 presidiu a celebração em preparação para a procissão com o andor de São Sebastião. O andor com a imagem do padroeiro foi decorado com folhas de samambaias, rosas brancas e vermelhas e botões de rosas vermelhas, além, de luzes de lede em cores vermelhas destacando o número 35 em referencia ao aniversário de criação da matriz, fundada em 1980.

 
A procissão marca também o encerramento da Festa do padroeiro que teve início no último dia 11 com o hasteamento da bandeira em frente a igreja matriz e depois se seguiram por 9 dias com as celebrações de missas, novenas, terços e ofícios. O ato final da festa também é marcado em frente à igreja matriz quando a bandeira com a imagem do padroeiro é retirada do alto do mastro logo após o final da procissão.

Autoridades religiosas como o padre Adelino Dantas e o pároco Antônio Luiz e autoridades civis como o prefeito Ronaldo Sampaio e lideranças como o ex-prefeito Afonso Sampaio acompanharam o cortejo que foi guiado pela irmandade do santíssimo sacramento, pertencente a paróquia, formada por idosos e jovens, e animada pela banda de música do município.
A fé e a devoção é sempre algo que marca a procissão ao ‘glorioso Mártir São Sebastião’ como o padroeiro é chamado pelos devotos. A festa tem várias décadas, mesmo antes da instituição da paróquia, e até hoje, atrai milhares de pessoas para levar o andor pelas ruas da cidade em manifestação da confiança em seu padroeiro.
Durante a celebração o pároco pediu aos fiéis que seguissem o exemplo do mártir São Sebastião que foi um apaixonado por Jesus Cristo e que deu a própria vida em nome da sua fé e do seu amor pelo filho de Deus “que sejamos, apaixonados por Cristo (Jesus Cristo) seguindo o exemplo do nosso mártir” disse.
Os pagadores de promessas
 
Muita gente faz o percurso com os pés descalços, uma forma de pagar suas promessas, já que usam a fé para fazer pedidos de intercessão ao santo, e quando são realizadas as súplicas, fazem esse sacrifício como forma de pagar a graça recebida com esse gesto de sacrifício. O próprio surgimento da então capela de São Sebastião decorre do pagamento de uma promessa.
História de fé e agradecimento
Descreve a história que no final do século XIX um morador da localidade, que à época chamava-se Tapera, conhecido como Bento Ferreira, mandou construir a capela em homenagem ao santo em agradecimento por sua família não haver sido acometida por um surto de cólera que se abateu sobre a região.
São Sebastião
O Santo foi um soldado romano que viveu no século 3 da era Cristã, e a partir de um determinado momento, se converteu ao cristianismo e, por conseguinte, começou a contrariar os interesses do Império Romano. 
Por essa razão, foi pressionado a abandonar a fé, porém se recusou, sendo julgado e condenado á morte. De acordo com relatos históricos, São Sebastião foi flechado, mas sobreviveu. Depois de descobrir que ele ainda vivia, o imperador Diocleciano ordenou aos soldados romanos que o prendessem e o executassem com flechadas, desta feita obtendo êxito. A imagem do santo descreve o momento em que ele foi morto pelos romanos, amarrado em uma árvore e com o corpo cravado por flechas.

 
 
 
 


 
 
 
 
 
 
 

sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

Paróquia de São Sebastião completa 35 anos com a reforma geral do templo



A comunidade católica de Nova Olinda está em festa. No próximo dia 20 de janeiro a Paróquia de São Sebastião completará 35 anos de sua criação. Uma programação especial está programada dentro da festa do padroeiro de 11 a 20 deste mês com a realização de várias missas em ação de graça presididas por padres das diversas paróquias da diocese e pelo bispo de Crato, Dom Fernando Pânico.

As festividades religiosas são organizadas pelo padre Antônio Luiz do Nascimento, que é o pároco.

Vida paroquial

A Paróquia Mártir São Sebastião foi criada em 20 de janeiro 1980 pelo então bispo da Diocese de Crato, Dom Vicente Matos. O primeiro vigário paroquial foi o padre Raimundo Araújo Silva que tomou posse em 10 de fevereiro do mesmo ano e ficou a frente da matriz por 3 anos.

A comunidade inicialmente pertencia a Capela São Sebastião, mantida pela igreja matriz de Senhora Santana de Santana do Cariri que à época tinha como pároco o padre Neri Feitosa. Com o crescimento do número de fiéis, foi edificada a igreja matriz.

O padre Raimundo Araújo Silva administraria a paróquia por outras duas vezes. Veja a lista completa dos padres que ficaram a frente da paróquia nesses 35 anos.

1980 - Raimundo Araújo Silva

1984 – Manoel Pereira Bezerra

1985 - Raimundo Araújo Silva

1986 – Cicero gomes da Silva

1989 – Francisco Jeremias Saraiva Teles

1992 – Expedito Félix da Fonseca

1992 – Raimundo Araújo Silva

1993 – Vileci Basílio Vidal

1997 – Elias Ribeiro Neto

1998 – José Adelino Martins Dantas

2003 – Antônio Afonso Alves

2009 – Tarcísio de Sales

20014 – Antônio Luiz do Nascimento
 

Reforma do templo

 
Há um ano a frente da paróquia o administrador paroquial Antônio Luiz do Nascimento promoveu a maior reforma física no prédio da matriz dos últimos tempos indo além da pintura e construindo novos ambientes como a sacristia e recuperando os altares. A iluminação da torre e da cruz no alto da matriz se destacam na reforma a noite, pois, estavam apagadas há mais de vinte anos e voltaram a iluminar o ambiente externo da matriz. 

Altar Central
Altar do Senhor Morto
 


 
Vista interna



sexta-feira, 7 de novembro de 2014

16ª Mostra SESC de Culturas traz Geraldo Azevedo e outros 10 espetáculos para Nova Olinda

Em sua 16ª edição a Mostra SESC Cariri de Culturas trás para a cidade de Nova Olinda uma dezena de espetáculos artísticos-culturais a partir de hoje até o próximo dia 12 com destaque para a apresentação do cantor Geraldo Azevedo com a participação de Chambinho do Acordeon durante a solenidade de abertura do evento no largo Welingnton Belém ao lado do Teatro Violeta Arrais. O ato está previsto para acontecer a partir das 19 horas. A Mostra Cariri reúne um conjunto de artistas e grupos nacionais das mais variadas manifestações como a dança, literatura, música, artes visuais, audiovisual, artes cênicas e a cultura popular.Todos os anos são montados espaços em cidades polos por todo o Cariri para as apresentações. Nesta edição as apresentações irão acontecer simultaneamente em Nova Olinda, Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha. 

Em Nova Olinda, os espetáculos estão programados para ocorrer nos turnos manhã e tarde conforme a programação que segue:

Slide1    

O destaque para a abertura de hoje à noite sem dúvidas é para o compositor, cantor e violonista pernambucano Geraldo Azevedo que tem 50 anos de carreira sendo um dos grandes nomes da MPB. Em seu repertório, provavelmente, hoje não vai faltar "Dia Branco" e "Táxi Lunar", que são pérolas da sua vasta criação artística. 
  
Outra atração de peso nacional que se apresenta hoje em Nova Olinda ao lado do Geraldo Azevedo é Nivaldo Expedito de Carvalho, compositor, cantor, instrumentista  e ator, que se projetou nacional e internacionalmente ao protagonizar o filme "Gonzaga - De pai pra Filho", como o Chambinho do Acordeon.

O evento é uma promoção do Serviço Social do Comércio - SESC com apoio da prefeitura Municipal de Nova Olinda.



domingo, 18 de maio de 2014

Romaria pela Menina Benigna tem juventude como tema e homenageia os 100 anos da Diocese de Crato

Cerca de 10 mil pessoas são esperadas hoje, dia 18, no município de Santana do Cariri para participar de mais uma romaria em homenagem a menina Benigna Cardoso que é conhecida popularmente como a 'heroína da castidade' e recebeu da igreja católica o título de "Serva de Deus". A Romaria em sua 11ª edição terá como o lema "Vocação jovem a exemplo de Benigna". O evento é organizado pela paróquia de Senhora Santana com apoio da Prefeitura de Santana do Cariri. De acordo com a programação os Romeiros se concentrarão, às 14 hs no bairro de inhumas onde haverá um show católico, uma encenação teatral sobre a vida de menina Benigna , e às 16 hs os peregrinos farão uma caminhada do bairro de inhumas até a Igreja Matriz, onde será celebrada uma missa campal presidida pelo bispo diocesano do Crato, Dom Fernando Panico e co-celebrada por padres da diocese. A romaria, conforme o vigário da paróquia de Nossa Senhora Santana, Padre Paulo Lemos Pereira, faz parte das festividades pelos 100 anos da Diocese do Crato.

A prefeita Daniele Machado informou que a prefeitura está dando total apoio ao evento que é de cunho religioso que para ela é de suma importância cultural e turística para a cidade e por isso determinou a sua equipe de assessores e secretários municipais que fosse dado total suporte e infra estrutura necessária para bem receber e acomodar aos romeiros em Santana do Cariri.

A juventude será o tema central da romaria que terá a história da jovem mártir como exemplo de pureza e santidade cristã. Em muitos os momentos do evento os próprios jovens serão protagonistas na programação através de apresentações artísticas e de shows religiosos.  

A história

Benigna Cardoso da Silva nasceu em 15 de outubro de 1928, na localidade de Sítio Oitís, Distrito de Inhumas a 2 km da sede de Santana do Cariri onde 13 anos mais tarde, no ano de 1941, perdeu a vida de forma trágica. Ela morreu de forma heroica para salvar a própria virgindade, e isso é a razão que inspira muitos devotos, em virtude do seu amor a cristo, pois, de acordo com o dossiê sobre a morte da jovem mártir entregue à Roma com um pedido de beatificação ela havia devotado sua castidade em sinal de amor a Jesus Cristo. Como se negou a entregar-se ao seu algoz, benigna foi morta a golpes de facão. Depois de sua morte a menina passou a ser considerada santa pela população pelo seu grande gesto de amor e coragem apesar da pouca idade.

A Devoção

Na localidade onde a jovem foi martirizada foi erguida uma capelinha dedicada a ela na entrada da Vila. No local existe um pote que ela carregava na hora do assassinato e está envolto a uma redoma de vidro, com esculturas que retratam o momento em que era morta. Lá, os fiéis fazem orações, fazem pedidos e agradecimentos por graças alcançadas. Também como referência do seu martírio os peregrinos visitam o local da sua morte onde foi erguido um cruzeiro. O santuário de pedra erguido pelos romeiros, o túmulo da santa e um vestido guardado como relíquias são os principais itens de veneração, no entanto, até mesmo a escola onde a menina estudou virou ponto de romaria na cidade. Na pequena Vila de Ihumas os moradores preservam ainda um tipo de pedras negras que dizem conter o sangue derramado de benigna durante a sua provação.

Há dois anos os restos mortais de Benigna Cardoso da Silva foram sepultados na Igreja Matriz de Santana do Cariri  e desde então virou mais um local de visitação dos peregrinos. Há muita fé e devoção por ela. A veneração a Benigna acontece durante todo o ano, e atrai pessoas de Santana do Cariri e de cidades vizinhas.

A Diocese

A Diocese de Crato pertencente a Igreja Católica no estado do Ceará tem sua sede na Catedral de Nossa Senhora da Penha no município do Crato.

Foi criada em 20 de outubro de 1914 pelo Papa Bento XV através da bula papal Catholicae Ecclesiae, sendo desmembrada do território da Diocese do Ceará (hoje Arquidiocese de Fortaleza). Em 28 de janeiro de 1961, cedeu parte de seu território para a criação da Diocese de Iguatu.

A diocese conta com 54 paróquias situadas na região do Cariri e Centro Sul e ainda com:
·      Basílica Menor de Nossa Senhora das Dores, em Juazeiro do Norte
· Seminário São José, fundado em 1875, o primeiro do interior cearense. Sediado na cidade do Crato
· Mosteiro Nossa Senhora da Vitória, das monjas beneditinas. Transferido de São Cristóvão para Juazeiro do Norte em 13 de maio de 2003.



Foto/banner: Jovem Benigna Oficial em Blogspot 
Pesquisas: Wikipédia 

segunda-feira, 10 de março de 2014

Contusão adia estreia de zagueiro novo-olindense em competição nacional da CBF

A cidade de Nova Olinda vive a expectativa da estreia de um conterrâneo em uma competição nacional de futebol organizada pela Confederação Brasileira de Futebol – CBF. O feito histórico que poderia acontecer nesta terça-feira, dia 11, às 15h30min no estádio dos aflitos em Recife, capital do estado de Pernambuco em partida válida pelo Grupo 15 da Copa do Brasil sub-17 foi adiando mais uma vez. Será o jogo de volta do Ceará contra o Náutico pernambucano.

O responsável pela façanha é o garoto Hygor Sampaio (foto ao lado - Divulg. Cearasporting), 17 anos, atleta de base do Ceará Sporting Clube. Hygor é zagueiro e durante os treinamentos que tiveram início no dia 6 de janeiro e não tiveram folga nem para o carnaval ele se destacou, ganhando elogios do técnico petróleo e dos companheiros de equipe, além disso, o garoto entra para a história do futebol de Nova Olinda antes dos 18 anos como protagonista de ser o primeiro filho dessa cidade a estrear numa competição nacional do futebol brasileiro. Mas o sonho terá de ser adiado devido o atleta ter sofrido uma contusão muscular em uma das cochas.

 

E mesmo antes do feito se concretizar o zagueiro novo-olindense do Ceará Sporting clube já arranca elogios da crítica esportiva da capital cearense como destacou o globoesporte.globo.com em matéria com o título Vez da  garotada : Ceará e Icasa estreiam na Copa do Brasil Sub-17”, publicada no último dia 7 na página de esportes da globo.com, na qual a reportagem afirma “Para ir longe, o time de Porangabuçu conta com três destaques da categoria: o zagueiro Hygor Sampaio, o volante Iago Emanuel e o atacante Rafael Silva” Ainda afirma que o contato (da garotada) com o time profissional ocorreu só em treinos, mas de maneira esporádica. “No entanto, nada abala a confiança das jovens promessas de Porangabuçu para a estreia na Copa do Brasil” comenta.

 

Na estreia, no dia 8, o Ceará venceu o Náutico por 3x2 jogando em casa e agora busca garantir a classificação para a próxima fase da competição. No fim de semana Hygor Sampaio ainda foi relacionado na súmula, mas não teve oportunidade de entrar por conta do estiramento sofrido e aguarda a estreia na Copa do Brasil sub-17 que pode acontecer caso a sua equipe consiga a classificação no jogo de amanhã, pois, o atleta prevê uma recuperação rápida para ajudar a equipe ainda na competição nacional.

 

Devido o machucado o zagueiro foi poupado e nem viajou para o Recife. Ele está em casa, em Nova Olinda, mas a família informou que ele já passou por exames médicos e deve voltar a atuar em breve.

 

Ainda este mês o jogador vai para o Rio de Janeiro onde vai defender o Ceará na Copa Rio sub-17, competição que se realizará entre os dias 27 de março e 07 de abril e terá a participação de 32 clubes, entre eles vários campeões brasileiros.

 

Ficha Técnica  

 

Hygor Bezerra Sampaio, nasceu em 2 de setembro de 1997. Há 3 anos entrou para as divisões de base da equipe de Porangabuçu. Há 1 ano ele integra a base sub-17 do Vovô. É Filho do desportista Tõizinho Sampaio e da empresária Wildiany Sampaio.